Endereço x 123456
Empreendedorismo

A Geração Z é definida por pessoas que nasceram entre 1998 e 2010 e, são conhecidas por ser a primeira geração “inteiramente digital” – isso porque já nasceram com o celular na mão e cresceram num mundo conectado – e são também conhecidos como “nativos digitais”. Sempre antenados à tecnologia, são usuários assíduos das redes sociais e consumem conteúdos online diariamente, em diferentes plataformas e, como é de se esperar, também têm expectativas mais altas que as das gerações passadas.

Mas você sabe como sua marca deve se comportar diante dos hábitos de consumo da Geração Z? Bom, um ótimo primeiro passo é entender as necessidades dessa geração e iniciar um relacionamento com ela para, assim, aumentar suas chances de sucesso nos anos que ainda estão por vir. Isso porque, até 2020, a geração dos nativos digitais representará 40% dos consumidores do mundo (dados da Fast Company), e segundo estudos da IBM, já possuem 44 bilhões de dólares em poder de compra – número que só tende a crescer conforme ficarem mais velhos e conquistarem autonomia financeira. Além disso, hoje eles já são responsáveis por influenciar em até 93% do planejamento financeiro da família.

Como os canais preferidos desse público são as redes sociais, eles já são acostumados a procurar tudo pelas redes – às vezes antes mesmo de recorrer ao Google. Procuram se relacionar com as marcas e empresas de forma integrada, não importando o canal, o que significa que já esperam ser atendidos por uma mesma marca através do Instagram, Facebook ou loja onlineem uma experiência fluida e facilitada. Outro ponto importante é que, antes de qualquer compra, eles avaliam as críticas online, e varrem as mídias sociais em busca do feedback de outras pessoas. Por isso as empresas devem se atentar e investir em mais recursos para gerenciar e influenciar as opiniões – e possíveis feedbacks negativos – online, de modo que a empresa tenha visibilidade, criando consciência de marca e um relacionamento próximo com os clientes. Mas não se esqueça: a chave para estar próximo a este público é o relacionamento, e é a maneira como eles se sentem valorizados por cada marca que pode influenciar na decisão de compra.

GPME Expansão e Estruturação de Negócios.

0