Empreendedorismo

Black Friday: estratégias para vender mais

A Black Friday surgiu nos Estados Unidos, como uma estratégia organizada pelo varejo oferecendo descontos generosos e liquidação de estoque. Por lá, ela acontece um dia depois do feriado americano de Ação de Graças, um dos mais importantes do país.
 
No Brasil a Black Friday também ficou muito conhecida nos últimos anos, e é uma ótima oportunidade para sua empresa fechar 2018 com chave de ouro e alavancar as vendas no último mês do ano. Mesmo as empresas que ainda não se programaram para a data (que acontece em breve, no dia 23 de novembro), ainda há tempo de executar algumas ações para o aumento de vendas. E algumas estratégias fazem toda a diferença na hora de conquistar os consumidores. Aqui, separamos algumas das melhores estratégias da Black Friday para utilizar na sua loja física ou online:
 
1. Ofertas + desconto à vista
Em 2013, o Submarino foi um pouco além do desconto e ofereceu uma condição especial para quem fizesse o pagamento à vista. Todo o site estava com 12% de desconto para pagamento em uma única vez. Isso além dos produtos que chegavam aos 80% de desconto.
 
Esta é uma tática simples, que você provavelmente emprega no seu e-commerce, no dia a dia, mas que pode acabar sendo esquecida durante a Black Friday.
 
2. Compre agora e volte no Natal
Muitos consumidores aproveitam os baixos preços da Black Friday para adiantar suas compras de Natal. O resultado disso são alguns empreendedores insatisfeitos com a possível baixa de vendas em dezembro.
 
Para não sofrer com isso, a Americanas lançou uma promoção em que os clientes que fizessem compras na Black Friday teriam um desconto de 10% em seu próximo pedido, que seria, provavelmente, no Natal.
 
Essa é uma maneira interessante de fidelizar o cliente e elevar um pouco mais o faturamento de dezembro.
 
3. Black Friday em dezembro
Também, para não deixar a Black Friday “ofuscar” o Natal, a World Tennis apostou em uma Black Friday em dezembro. A marca promete comercializar alguns produtos com os mesmos preços que foram praticados na sexta-feira de promoções.
 
Essa é uma ótima saída para liquidar de uma vez produtos que tenham encalhado no estoque e se diferenciar dos seus concorrentes.
 
4. E-commerce: faça anúncios de retargeting
Nem todo cliente clica em um anúncio e realiza a compra de primeira. Mas anunciar novamente pode fazer o seu consumidor relembrar a sua oferta e partir para a ação de compra.
 
Na Black Friday, essa técnica é uma carta na manga, pois você pode divulgar os produtos de maior interesse com uma grande porcentagem de desconto, atraindo o interesse das pessoas.

Por fim, aproveite a data para gerar mais visibilidade e engajamento da sua empresa com o público. Estar inserido em datas comerciais importantes como esta, faz toda a diferença na maneira como as pessoas enxergam a sua marca.

Autor


GPME

GPME

Expansão e Estruturação de Negócios