Gestão

Tá com medo de que?

O medo e a ansiedade são considerados os males do século e, por isso, o tema já consagrou vários autores de best-sellers pelo mundo. Cada vez mais empreendedores buscam ajuda para enfrentar este oponente invisível e paralisante.

Se você é empresário, com certeza já sentiu medo. Possivelmente você já perdeu noites de sono, teve taquicardia, sensação de desmaio, dores no peito ou algum outro fenômeno derivado do stress e da ansiedade.
Pois bem, o medo é um receio que surge na forma de ansiedade como um alerta de perigo, um temor por uma ameaça iminente, real ou imaginária.

Você empresário, tem medo de quê?

Todo empresário tem frases medrosas decoradas que abrangem diversos temas. Tem gente que tem medo de crise econômica, medo de um novo concorrente, medo de perder um cliente importante e até medo de demitir um funcionário.

Conheço empresários experientes que têm medo de ir para o escritório, medo de voltar pra casa sem os resultados, medo de abrir o extrato bancário pela manhã ou a caixa de e-mail à noite. Mas, com certeza, o principal medo dos empresários é o de perder suas empresas. Pense bem, é sabido que mais da metade das empresas que abrem as portas, encerram suas atividades em menos de 5 anos. Assim, a chance de dar errado sempre foi e sempre será maior que a chance de dar certo.

Portanto, ninguém disse que seria fácil e mesmo assim você teve coragem e decidiu tentar pertencer a minoria que descobriu como ser bem sucedida nos negócios. Você queria fazer diferente, tinha sonhos e uma autoconfiança inabalável, lembra? E agora está com medo, sem toda aquela valentia inicial. Precisamos recuperar sua coragem empreendedora, vamos pensar juntos?

Já ouvi dizer que o medo mata mais que o câncer, desta forma, além de ter medo de ter câncer, temos que ter medo de ter medo e, ainda, medo de ter medo de ter câncer. Mas, o medo também é um componente fundamental para a sobrevivência. Sem ele, expomo-nos a riscos inconsequentes que podem custar até a nossa vida. Logo, se o medo te protege, tenha também medo de não ter medo. O medo dispara no organismo hormônios como o cortisol e adrenalina, convidando-nos a fugir ou a lutar. Isso mesmo: fugir ou lutar. Você só tem estes dois caminhos contra o medo. E aí, vai encarar?

Abaixo, apresento 5 passos para vencer a guerra interna contra o medo, principal adversário na vida de um empreendedor:

  1. Observe o inimigo! Quanto mais incerto e desconhecido é o oponente, maior o medo. Portanto, enumere seus problemas, classifique-os, dê a eles o seu devido tamanho e estude as causas reais e as possíveis soluções simples;

  2. Ataque as bases! Quanto mais inimigos, mais complicado é saber onde atacar primeiro. Deste modo, minimize o número de problemas começando pelos mais importantes. Eleja dois ou três e comece a agir;

  3. Recrute aliados! É muito difícil vencer uma batalha sozinho. Busque auxílio de mentores, conselheiros e amigos, pois o olhar externo pode ser decisivo em momentos de pressão. É mais fácil adquirir confiança agindo em equipe. O grito fica mais alto e forte quando realizado em coro;

  4. Não caia ao primeiro golpe! Saiba reagir em uma batalha. Simule cenários, teste suas reações e minimize surpresas;

  5. Olho no Olho! Encare o problema. Vá em frente e acredite que pode vencer. Você perceberá que a batalha é boa, a batalha é a vida, afinal, se você sente medo é porque ainda está vivo!

 

Autor


Pedro Horta

Pedro Horta

Pedro Horta, mineiro de Belo Horizonte, administrador, formado pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Especialista em construir Pequenas e Médias empresas lucrativas. É sócio fundador da GPME -Expansão e Estruturação de Negócios. Através dela, já atuou em mais de 400 projetos, em 110 cidades brasileiras e participou da construção e gestão de mais de 12 redes nacionais de Negócios. Possui como missão "gerar e distribuir riqueza" melhorando a vida das pessoas.